Como viver bem apesar do diabetes - Itesc
BLOG ITESC | Dicas de saúde

Como viver bem apesar do diabetes

Saiba o que é diabetes, os sintomas, se há cura, tratamento e prevenção.

Diabetes é uma doença caracterizada pela elevação da glicose (hiperglicemia), que pode ser ocasionada por deficiência absoluta de insulina (diabetes tipo 1), deficiência relativa de glicose (diabetes tipo 2), diabetes gestacional, além de outros que são envolvidos no quarto grupo (outras causas).

No Brasil há aproximadamente 14 milhões de pessoas com diabetes. O endocrinologista e professor do curso de Medicina da Universidade de Caxias do Sul, Bruno Schmidt Dellamea, esclarece as principais dúvidas sobre esta doença. Confira no vídeo!

 

 

Quais os sintomas da doença?

O diabetes tipo 1, que é caracterizado pela deficiência absoluta de insulina, ocorre mais em crianças e geralmente os sintomas são excesso de fome, muita sede, a pessoa urina muito, perde peso, pode ter um borrão na visão, formigamento nos pés, nas mãos, ou pode não apresentar nada. Mas geralmente a criança ou jovem apresenta estes sintomas. No tipo 2, que acontece mais em adultos, 90% não apresenta sintomas. A pessoa descobre através de um exame de rotina, exame do trabalho, ou que um clínico geral solicita, ou a ginecologista, enfim, não apresenta sintomas, apenas quando a glicose está muito elevada.

Diabetes tem cura?

Infelizmente ainda não há cura, mas tem controle. Desde a descoberta da insulina, existe tratamento e a doença pode ficar mais controlada. Ainda não há nenhuma forma de fazer o paciente ter a cura da doença, mas espera-se que no futuro seja descoberta. Há muitas coisas sendo pesquisadas atualmente, talvez haja novidades no futuro.

Como é feito o tratamento?

O tratamento é multifatorial, ou seja, não envolve apenas o uso de medicamentos. É feito uso de alguns grupos de medicamentos e cada vez mais esta lista é ampliada, mas é necessário a mudança do estilo de vida. O paciente sedentário precisa começar a praticar atividades físicas, o paciente que come de maneira errada, precisa começar a se alimentar corretamente, melhorar a alimentação. Juntos, a atividade física e a alimentação correta, auxiliarão na perda de peso, a grande maioria dos pacientes com diabetes é obeso ou está em sobrepeso.

Quem tem diabetes pode ter uma vida normal?

É mito de que quem tem diabetes deve se privar das coisas. Na prática, quem tem diabetes, tendo um certo controle alimentar, fazendo o uso correto dos medicamentos, pode fazer qualquer coisa, pode ser um jogador de futebol, astronauta, alpinista, não há nenhuma restrição.

Quais complicações o diabetes pode causar?

O paciente que tem o diabetes mal controlado, tem um risco (não significa que vá acontecer, mas existe a chance) de desenvolver retinopatia diabética, diabetes hoje é a maior causa de cegueira no mundo; nefropatia diabética, que atualmente está sendo chamada de doença renal diabética, o diabetes é a causa mais corriqueira que leva a hemodiálise e transplante de rim; amputação dos membros inferiores quando não há o cuidado correto dos  pés e a glicose está muito elevada; não é o principal, mas é um dos principais fatores que levam a infarto agudo no miocárdio e AVC (Acidente Vascular Cerebral). Todas estas coisas são preveníveis.

Como pode ser feita a prevenção?

Diabetes faz parte de um grupo de doenças que geralmente são associadas a ela, como hipertensão, colesterol elevado, a própria obesidade. Fazendo a prevenção do diabetes acaba-se prevenindo as outras patologias que podem se associar. O maior risco destas doenças é cardiovascular, ou seja, o infarto agudo do miocárdio e Acidente Vascular Cerebral (AVC), estas são as que mais preocupam, mas há outras menores que também chamam atenção. A ideia é que fazendo um bom controle alimentar, práticas de atividade física, evitando maus hábitos de saúde como tabagismo, alcoolismo, consiga-se prevenir este grupo de doenças que estão juntas.

Sobre o autor

Bruno Schmidt Dellamea  MD, PHD - CRM - RS 28963

Cursou Medicina na UFSM; Residência em Clínica Médica no HNSC; Residência em Endocrinologia no HNSC; Doutorado em Endocrinologia pela UFRGS; é professor do Curso de Medicina da Universidade de Caxias do Sul. 

Conheça nosso convênio de saúde!

São mais de 12 mil profissionais credenciados na área da saúde. Conheça todos os nossos benefícios.

Notícias relacionadas - Dicas de saúde

VER MAIS