Alimentação materna durante a amamentação - SEMANA MUNDIAL DA AMAMENTAÇÃO - Itesc
BLOG ITESC | Dicas de saúde

Alimentação materna durante a amamentação - SEMANA MUNDIAL DA AMAMENTAÇÃO

Jessica Menegon Dagostim - Nutricionista - CREDENCIADA ITESC

O aleitamento materno deve ser exclusivo até os seis meses de idade, pois contém milhares de nutrientes importantes para a formação do bebê, trazendo consigo a proteção, pois contribui no sistema imunológico e na colonização microbiana intestinal. A concentração dos nutrientes variam ao longo da amamentação. No colostro (primeiro leite após o parto) existe maior quantidade de proteína e componentes imunológicos. A concentração de micronutrientes (vitaminas e minerais) também irão depender da nutrição da mãe. Mas qual seria a alimentação correta para as lactantes?

Antigamente e até mesmo nos dias atuais, muitas mães eram orientadas a não consumir alguns alimentos durante a amamentação, dentre eles o café, chocolate, brócolis, leite, feijão, cebola... Mas será que eu preciso mesmo restringir algum alimento enquanto amamento? Em geral NÃO. A mãe deve-se alimentar de uma forma saudável, consumindo frutas, verduras e legumes, assim suprindo as necessidades de vitaminas e minerais. A hidratação também é muito importante, pois a água é indispensável para estimular a produção de leite. Deve também diminuir/evitar o consumo de produtos prejudiciais para o organismo, como os ricos em sódio, açúcar e com grande concentração de corantes e conservantes. É mito que ovos, folhosos escuros e feijão causam cólica no bebê. Os recém nascidos sentem cólicas de qualquer forma, pois é fisiológico, estão se acostumando com um novo mundo do lado de fora do útero da mãe. Por isso é importante que as lactantes consumam feijão, brócolis, cebola, couve... Se gostam, é claro! São alimentos nutritivos.

IMPORTANTE: A cafeína (presente em café, chocolate, chás escuros, chimarrão, refrigerantes de cola) devem ser consumidos com moderação, pois em excesso, pode sim causar cólicas no bebê.

Nutri, e sobre o uso de álcool, posso tomar uma taça de vinho? A resposta é NÃO! Um estudo mostrou que ingerir álcool durante a amamentação pode reduzir a capacidade de raciocínio, memória e aprendizado da criança nos anos seguintes, e o pior de tudo, essa redução cognitiva foi dose-dependente, ou seja, quanto mais álcool chegou ao bebê, menor sua capacidade cognitiva nos anos seguintes! Então mamães de plantão, com certeza vocês terão muitos anos pela frente para tomar uma cervejnha com os amigos e celebrar a vida, mas façam isso quando seus filhos não precisarem mais do seu leite materno!

OBSERVAÇÃO: Existem bebês que são mais sensíveis a determinados alimentos, mas isso é algo que deve ser avaliado e normalmente cessa nas primeiras semanas com o amadurecimento do intestino. Apenas crianças alérgicas a PLV (proteína do leite de vaca) ou outro determinado alimento se beneficiam com a dieta de exclusão da mãe. 

 

Jessica Menegon Dagostim

Nutricionista CRN10 4537

CREDENCIADA ITESC

Conheça nosso convênio de saúde!

São mais de 12 mil profissionais credenciados na área da saúde. Conheça todos os nossos benefícios.

Notícias relacionadas - Dicas de saúde

VER MAIS